Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Brasileiro Augusto de Campos ganha prêmio Pablo Neruda de Poesia

O poeta Augusto de Campos, um dos criadores da poesia concreta, junto com seu irmão Haroldo de Campos e Décio Pignatari, recebeu o Prêmio Ibero-americano de Poesia Pablo Neruda, oferecido pelo conselho Nacional de Cultura de Artes do Chile. Segundo o ministro da Cultura do Chile, Ernesto Ottone, que anunciou dia 23 de junho a premiação, esta foi a primeira vez que um poeta brasileiro é agraciado com este prêmio, criado em 2004.

Augusto de Campos, de 84 anos de idade, foi eleito por unanimidade pelo júri, composto pelos autores Silvia Guerra (Uruguai), Juan Manuel Roca (Colômbia) e pelos chilenos Carmen Berenguer e Oscar Hahn. O poeta foi comunicado da premiação por telefone, devendo comparecer ao Chile em outubro para receber o prêmio das mãos da Presidente Michelle Bachelet, que incluiu um diploma, uma medalha e um valor em dinheiro.

Escritor, ensaísta e tradutor, Augusto de Campos nasceu em São Paulo em 1931. Seu primeiro livro de poemas – O Rei menos o Reino - foi publicado em 1951. O último, Poetamenos, foi lançado em 2014. Ao todo, são 20 livros de poesia, além de diversos ensaios e traduções, inclusive de poesias de Ezra Pound e Maiakovski, entre outros renomados poetas.

registrado em:
Fim do conteúdo da página