Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

O ensino do Português fortalece os laços com Belarus

Com um crescente ritmo de interesse pelo português, cerca de 50 alunos estão atualmente matriculados nos cursos de português da BSU, única instituição pública do país a ensinar nosso idioma. Exemplo disso foram os trabalhos apresentados pelos estudantes de português da Faculdade de Relações Internacionais da Universidade Estatal de Belarus (BSU) no marco da 72ª Conferência Científica.

Os trabalhos acadêmicos dos estudantes do segundo ao quarto ano daquela faculdade, matriculados no curso de língua portuguesa como primeiro ou segundo idioma, foram apresentados em português, sobre temas ambientais, sociais, políticos e culturais, e avaliados segundo critérios de forma e conteúdo, além do conhecimento linguístico.

A Banca, composta por servidora da Embaixada e por membro do corpo docente da Faculdade, examinou doze trabalhos. Os autores dos três melhores trabalhos - Ekaterina Medvedeva, Aleksandr Venchik e Ekaterian Lositskaya - foram premiados com livros de renomados autores nacionais, bem como outros brindes.

 

Castelo de Nesvizh, Bielorrússia

registrado em:
Fim do conteúdo da página