Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Imortal da Academia Brasileira de Letras dá palestra na sede da CPLP

O imortal da Academia Brasileira de Letras, Domício Proença Filho, esteve na sede da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em março, em Lisboa, onde proferiu palestra para público de acadêmicos e autoridades locais. A "Presença africana no português brasileiro" foi o tema da palestrado escritor, que produz um livro que expõe de maneira minuciosa a evolução dos estudos linguísticos no Brasil.

Em sua conferência, Proença deu destaque à relevância da componente africana na formação da população brasileira desde os tempos da colônia, quando a língua portuguesa foi exposta ao uso de falantes de diversos idiomas. De acordo com o palestrante, a influência das línguas africanas foi inicialmente associada apenas aos vocábulos incorporados à língua portuguesa, em palavras referentes principalmente à religião. No entanto, estudos mais recentes apontam que este fenômeno histórico-sociolinguístico designou-se como a "crioulização" do português.

A passagem do linguista brasileiro pela sede da CPLP foi celebrada pela Delegação do Brasil junto à Organização, que ofereceu um pequeno coquetel aos participantes da palestra.

 

Domício Proença Filho,  imortal da Academia Brasileira de Letras

registrado em:
Fim do conteúdo da página