Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Escritora angolana fala sobre vozes femininas na poesia

A Casa de Cultura Brasil-Angola foi palco de mais uma edição do Café Literário, dia 13 de novembro, quando a escritora angolana Isabel Ferreira fez palestra sobre o tema "Vozes femininas na poesia". Ela analisou obras de poetisas angolanas e traçou um paralelo com autoras brasileiras como Clarice Lispector e Cora Coralina.

Isabel, que tem em seu currículo, entre outros cursos, o de Dramaturgia na Universidade de São Paulo, apresentou à plateia o conceito de "desconstrução", que utilizou para analisar obras das poetisas angolanas Ana Paula Tavares, Chó do Guri e Amélia Dalomba.

Participaram do encontro mais de 30 pessoas, na maioria angolanos que frequentam cursos na Casa de Cultura, mas também jornalistas e professores. Ao final, alunas dos cursos recitaram o poema "Adeus", de Castro Alves, e "Brinde no banquete das musas", de Carlos Drummond.

O sucesso do evento mereceu destaque na seção cultural do Jornal de Angola, o principal a circular em Luanda. O evento – definiu a escritora Isabel Ferreira – representou "um abraço fraternal entre Angola e Brasil".

 


A escritora realizou palestra sobre "Vozes Femininas na Poesia"

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página