Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Produções intelectuais do Brasil e da Argentina foram discutidas em palestra no CCBA

 

Um debate no Centro Cultural Brasil – Argentina (CCBA) reuniu, em abril, acadêmicos, alunos universitários e professorado de português do CCBA para discutirem a respeito do "Campo Intelectual no Brasil e na Argentina". O professor Sergio Miceli e a professora Maria Arminda, da Universidade de São Paulo (USP), organizaram o evento com mais dois professores e pesquisadores argentinos, Carlos Altamiro e Alejandro Blanco.

O evento ocorreu em meio à 40ª feira internacional do livro em Buenos Aires, que teve como tema a cidade de São Paulo. A mesa redonda realizada pelos professores brasileiros abordou questões relacionadas à produção intelectual de autores como Gilberto Freyre e Lúcio Cardoso. Já os palestrantes argentinos construíram um paralelo entre os momentos políticos do século XX e seus reflexos sobre a produção ensaística e sociológica do país.

Nesse contexto, ao fim dos debates, o livro "Cultura e Sociedade: Brasil e Argentina", organizado pelo professor Miceli e pela professora Heloísa Pontes, foi apresentado ao público. O livro reuniu diversos textos do meio acadêmico, com o propósito de discutir o tema, de ambos os países. 

 

Brasileiros e argentinos discutem a produção intelectual de seus países

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página