Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Leitorado brasileiro na Tailândia ganha destaque na Universidade de Chulalongkorn

O leitor brasileiro na Universidade de Chulalongkorn, na Tailândia, professor João Bernardo Santos tem ganhado destaque pelo seu trabalho no exterior. Paralelamente ao leitorado, ele ministra curso de português para diplomatas latino-americanos lotados em Bangkok.

Além do reconhecimento singular, a Universidade (UC) foi listada como uma das 100 melhores instituições de ensino superior de ensino do mundo, em ranking feito pelo QS World University. Em relação à UC, o reconhecimento da excelência do ensino é caracterizado pela instituição justamente na área de línguas, por lá se encontrar o Leitorado brasileiro.

A ação se iniciou no primeiro semestre de 2015 com diplomatas da Embaixada do México e em seguida, representantes da Argentina também tiveram a oportunidade de conhecer a língua portuguesa e cultura brasileira. As aulas ocorrem no período da manhã, antes de iniciar o expediente nas Embaixadas e Consulados.

O interesse pelo idioma oficial do Brasil e de outros 8 países, por partes dos diplomatas pode resultar importantes iniciativas políticas de união dos povos da América-latina. Segundo o professor, a língua portuguesa é obrigatória para os diplomatas argentinos e, que para representantes do México, o conhecimento do idioma é recomendável.

As crescentes exigências da certificação de conhecimento da língua portuguesa também tem aumentado a procura por diversas pessoas de nacionalidades distintas.

João Bernardo Santos faz parte da equipe do Leitorado brasileiro na Tailândia desde 2011, e também integra a equipe de produção e correção do exame de Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros, CELPE-Bras. O docente também atua como colaborador convidado na Universidade Ramkhamhaeng.

 Vista aérea da Universidade de Chulalongkorn na Tailândia

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página