Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Leitorado Brasileiro coordena comemoração do Dia Internacional da Língua Portuguesa em São Tomé e Príncipe

A Leitora brasileira recém-chegada a São Tomé e Príncipe, Eliane Oliveira, conduziu evento em comemoração ao Dia Internacional da Língua Portuguesa no Instituto Superior Politécnico do país, em 5 de maio.

A principal atividade foi a declamação de poemas e dramatização de textos. Foi encenado um capítulo do livro "Milagrário Pessoal" do escritor angolano José Eduardo Agualusa - ideia proposta pelos alunos do segundo ano do curso de Letras do instituto santomense. A obra de Agualusa narra a história de um professor timorense, filho de pai santomense, que declama poemas do português Camões com sotaque brasileiro. "A obra tem tudo a ver com a diversidade do português nos países da CPLP", afirma a leitora Eliane Oliveira.

Em seguida, houve declamação de oito poemas, cada um representando um país da comunidade lusófona. A intenção era de que cada poema fosse declamado por um nativo de cada país, assim representar e afirmar a língua como identidade. O Ministro da Educação, Cultura e Formação de São Tomé e Príncipe representou seu país, com leitura de texto de José Tenreiro. O embaixador do Brasil em São Tomé, José Carlos de Araújo Leitão, leu poema de Carlos Drummond de Andrade.

Ao final do evento foi lançada uma pergunta inusitada: qual palavra você mais gosta no português?  

 

Qual palavra você mais gosta no portguês?

 

 

Estudantes na e o capítulo do livro "Milagrário Pessoal" do escritor angolano José Eduardo Agualusa 

 

A principal atividade foi a declamação de poemas e dramatização de textos

 

O embaixador do Brasil em São Tomé, José Carlos de Araújo Leitão, leu poema de Carlos Drummond de Andrade.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página