Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Pluralidade do Português em Helsinque

O Centro Cultural Brasil-Finlândia participou do I Seminário Sobre a Pluralidade da Língua Portuguesa, no dia 19 de março, em parceria com a Universidade de Helsinque e o Instituto Camões.

O seminário objetivou mostrar as principais diferenças nas estruturas oral e gramatical entre as vertentes brasileira e portuguesa. Os palestrantes foram as professoras Bianca Benini-Leino e Patrícia Ribeiro do CCBF; a professora Sofia Palma do Instituto Camões; e a professora Liisa Abreu, da Universidade de Helsinque. O professor Timo Riiho, catedrático em línguas Ibero-românicas da Universidade de Helsinque atuou como moderador.
centro
Liisa Abreu falou sobre as formas de tratamento no português europeu. Bianca Benini-Leino discorreu sobre a poesia modernista de Oswald de Andrade e sua ruptura com as regras da escrita européia. Sofia Palma abordou os regionalismos e o mirandês como idioma nacional em Portugal. Patrícia Ribeiro discutiu, entre outros temas, as influências africanas e indígenas na língua portuguesa.

O seminário marcou início de frutífera parceria na promoção da língua portuguesa na Finlândia. O CCBF vem consolidando-se como o principal promotor da vertente brasileira da língua portuguesa na Finlândia. A Universidade de Helsinque é a primeira instituição do país a oferecer matérias de língua portuguesa e literatura brasileira para os alunos do curso de Letras. O Instituto Camões está presente no país há cerca de 30 anos.

Veja as fotos aqui

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página