Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Carnaval no CCB-Líbano conquista as ruas

O Centro Cultural Brasil-Líbano (CCBL) organizou, em 19 de fevereiro, a festa de Carnaval «Baile de Máscaras», com ampla participação de alunos, da comunidade brasileira, de membros do corpo diplomático e do público em geral.

Mais de 850 pessoas estiveram presentes ao evento, que contou, ainda, com repercussão na mídia local. Entre os participantes, havia famílias com crianças e idosos. Muitos carnavalescos vieram fantasiados ou receberam adereços para compor o visual.

A divulgação do evento nas redes sociais acabou por atrair a atenção de veículos de comunicação: dois canais da televisão aberta, a Future TV e a LBC, e a estação de rádio MBS Radio FM 105.7 convidaram representantes do CCBL para participar de programas de entrevistas ao vivo.

A entrevistas foram ao ar em 5 de fevereiro no programa «Akhbar El Sabah» (Notícias da Manhã), da Future TV, e, em 15 de fevereiro, no programa «Btehla El Hayet» (A Vida Mais Bela), da LBC.

Em ambas as ocasiões, a professora Nisrine Raad falou das atividades realizadas pelo Centro e sobre os cursos de português, ilustrando, por meio de fotos, as instalações e os eventos do CCBL. Raad convidou, ao final, os telespectadores para a festa de Carnaval, tendo a entrevista à LBC contado ainda com apresentação de samba dos coreógrafos brasileiros Naima Yazbek e Gabriel Meireles.

Para o evento, o Centro Cultural foi decorado com máscaras gigantes cedidas pela Associação Grupo Amizade Brasil.

Com a grande expectativa de público, a utilização do espaço do Centro foi otimizada, aproveitando a área externa, corredores e o 1º andar, onde foram disponibilizadas mesas e cadeiras para a projeção dos desfiles de 2016 das escolas de samba do grupo especial do Rio de Janeiro, além de chapelaria.

Foram enviadas cartas aos prédios vizinhos ao CCBL informando do evento e dois destacamentos da polícia foram enviados para prestar segurança e controlar o trânsito.

Além do DJ brasileiro voluntário Sam Sbaite, duas bandas de percussão animaram a festa: a Rubra Rosa, integrada somente por mulheres, inclusive com a participação de funcionárias do Centro, e o grupo Segundo Bloco, que apresentou ritmos de sambas-enredos.

Houve ainda apresentação de samba pelo coreógrafo Gabriel Meireles e pela bailarina Nadeen Moussaoui.

Com o objetivo de reproduzir o carnaval de rua do Brasil e permitir que todos tivessem a oportunidade de ver a performance das bandas, o grupo Segundo Bloco, ao final da apresentação, levou os instrumentos à rua e tocou por cerca de 10 minutos, contagiando não somente o público, mas também a vizinhança, que saia às janelas para aplaudir a manifestação.

A polícia bloqueou momentaneamente a rua para passagem de carros, garantindo a segurança de todos.

A Future TV realizou matéria durante o evento para o canal. O site de notícias e eventos Beiruting enviou fotojornalista para registrar os melhores momentos do evento. Links com as referidas matérias, assim como fotos e vídeos do evento, foram disponibilizados na página do CCBL no Facebook (facebook.com/brasiliban).


O salão do CCB-Líbano estava lotado

Com muita animação de todos os participantes
.
O público acompanhou espetáculos de samba

Quem não trouxe fantasia própria recebeu adereços
 
Houve batucada de um grupo de percussão local
 
Passistas de samba se apresentaram
 

 
No final, a festa se estendeu para as ruas em frente ao CCB-Líbano

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




registrado em: ,
Fim do conteúdo da página