Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

II Simpósio de Português como Língua de Herança - Hamamatsu

Escrito por Ana Clara Benites Ribeiro | Publicado: Terça, 09 Abril 2019 09:22
imagem sem descrição.

Entre os dias 23 e 24 de março de 2019, ocorreu o II Simpósio de Português como língua de herança (PLH), em Hamamatsu, evento organizado pelo "International Institute of Education and Culture", em parceria com o Consulado-Geral e com a Fundação para Comunicação e Intercâmbio Internacional.

Tendo como público alvo interessados no ensino do português como língua de herança, o evento proporcionou uma troca de experiências entre educadores e coordenadores de projetos que atuam no ensino do PLH em diversas localidades do Japão. Foram contabilizados 198 participantes brasileiros, de diversas províncias do Japão. O simpósio contou ainda com a participação de 6 japoneses, professores das Universidades de Quioto, Nara, Sophia e Tokai.

Sessão de debate foi realizada entre o público e os palestrantes, em que se discutiu a importância do Português como língua de herança para brasileiros no Japão e o fato de o idioma ser um dos mais fortes vínculos com a origem familiar brasileira. Quando deixado de lado, tem ocasionado problemas de comunicação no seio familiar, além de enfraquecer a identidade cultural brasileira.

Durante o encerramento do Simpósio, foi entregue o Prêmio PLH, selecionado entre diversos projetos, previamente inscritos, do ensino do Português como língua de herança no Japão. O prêmio foi concedido à Professora Michela Fukuoka, coordenadora do projeto "Aprender e Brincar" – Creche da tia Chechela, um projeto que já atingiu cerca de 70 crianças com idade de até 6 anos, proporcionando o ensino do PLH na cidade de Okazaki, na província de Aichi.

Michela Fukuoka, coordenadora do projeto

O evento foi avaliado pelos participantes de maneira positiva, e reconhecido não só como iniciativa pioneira no país, mas também como valiosa oportunidade de troca de experiências, de modo a renovar e aperfeiçoar práticas pedagógicas, com as devidas adaptações à realidade local.

É possível conferir o programa do Simpósio através do link https://sistemas.mre.gov.br/kitweb/datafiles/Hamamatsu/pt-br/file/Simposio-Programa-Final.jpg

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página