Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Exposição do Museu da Língua Portuguesa retrata a história e a diversidade do idioma em Cabo Verde, Angola e Moçambique

A exposição “A Língua Portuguesa em Nós”, parte do acervo do Museu da Língua Portuguesa em São Paulo, começou a ser exibida no dia 10 de maio de 2018, na sede do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), na cidade de Praia (Cabo Verde). Contou com a presença do presidente de Cabo Verde, José Carlos Fonseca, e das delegações dos países da CPLP presentes à reunião do Conselho Científico do IILP. A mostra será apresentada, a partir de junho, em Luanda (Angola) e, depois, a partir de agosto, em Maputo (Moçambique).

A iniciativa do Itamaraty, em parceria com o Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), o Governo do Estado de São Paulo e a Fundação Roberto Marinho, sob a coordenação da Expomus, dá-se no contexto do encerramento da presidência pró-tempore do Brasil na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e das celebrações do Dia Internacional da Língua Portuguesa, comemorado em 5 de maio.

Primeiro museu no mundo totalmente dedicado a um idioma, o Museu da Língua Portuguesa recebeu aproximadamente 4 milhões de visitantes desde sua fundação, em 2006. Enquanto aguarda sua reinauguração, prevista para 2019, o museu aproveita o périplo pelas três nações africanas para apresentar ao público não brasileiro as diversas experiências e trajetórias de nosso idioma através de quatro continentes. A mostra cumpre, assim, a dupla missão de estabelecer canais de aproximação entre países e povos lusófonos e de atender, ao mesmo tempo, a prioridade conferida pelo Governo brasileiro à promoção da língua portuguesa no exterior. Essa tarefa passa, necessariamente, pelo fortalecimento das bases multilaterais da internacionalização do português, representadas pelo IILP, o braço da CPLP responsável pela promoção e difusão do idioma.

 

O conteúdo da exposição conta com a consultoria do compositor e escritor José Miguel Wisnik, e foi organizado a partir de quatro eixos temáticos: “Nós da Língua Portuguesa no Mundo”, “História da Língua Portuguesa no Brasil”, “Poesia e Prosa” e “Diálogos”. Propõe um percurso pela história da língua portuguesa, o contato com outros idiomas, seu papel na formação cultural brasileira, sua presença nos ritmos e nas melodias, nas expressões culinárias e na literatura. O visitante participará de intensa programação cultural organizada exclusivamente para cada país, por equipes de curadores locais, e conhecerá, por meio de jogos interativos, os projetos do IILP. Ao final, o público é convidado a deixar seu testemunho e suas impressões registradas, a serem exibidas em São Paulo quando da reabertura do museu.

“A Língua Portuguesa em Nós” estará aberta em Praia entre 10 de maio e 19 de junho, na sede do IILP; em Luanda, entre 12 de junho e 3 de agosto, no Centro Cultural Brasil-Angola; e, em Maputo, de 15 de agosto a 23 de setembro, no Centro Cultural Brasil-Moçambique.

Mais informações podem ser obtidas no site do Museu da Língua Portuguesa

http://museudalinguaportuguesa.org.br/museu-celebra-dia-internacional-da-lingua-portuguesa-e-leva-seu-acervo-para-cabo-verde-angola-e-mocambique/

registrado em:
Fim do conteúdo da página