Portal do Governo Brasileiro

Pular navegação e ir direto para o conteúdo

O Centro Cultural Brasil Argentina (CCBA) realizou uma série de atividades extracurriculares e eventos culturais, todos gratuitos e abertos à comunidade, no mês de maio de 2017.

Em 3 de maio o CCBA recebeu, por ocasião da Feira do Livro, a escritora Paula Pimenta, "best seller" com foco no público juvenil e conhecida pela série "Fazendo um filme", que ofereceu seminário sobre criação literária.

Foi realizada, em 5 de maio,  a III Feira do Livro Livre do CCBA, que promove a doação de livros em português e proporciona plataforma para que leitores e escritores relatem a sua experiência literária. A feira contou com a participação da editora Illuminare, que trouxe do Brasil sete escritores para lançarem suas obras no Centro.

No dia 9 de maio, o CCBA foi palco do "Poesia e Teatro: Encontros necessários", encenação da obra poética da brasileira Ana Cristina César e da argentina Alejandra Pizarnik. A performance foi dirigida pela brasileira Maíra Lour e pelo argentino Nahuel Cano.

Nos dias 4, 11 e 18 de maio, teve prosseguimento a oficina para estudantes interessados em fazer pós-graduação no Brasil, organizada pela leitora Isabel Cristina de Aguiar.

Em 16 e 18 de maio, o curso superior de formação de professores do CCBA realizou oficina de capacitação para 16 professores de português de escolas públicas do ensino médio de Buenos Aires.

Foi exibido no Centro, em 18 de maio, o documentário "O sal da terra", sobre a obra do fotógrafo Sebastião Salgado.

Em 31 de maio, o virtuose da viola caipira brasileira Arnaldo Freitas apresentou-se no auditório do CCBA.       

                                                                   

                                                

 

O auditório da Universidade da Cidade do Cabo (UCT) tornou-se palco, no dia 13 de maio de 2017, de celebração do Dia da Língua Portuguesa e Cultura na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). O evento foi organizado pelo leitor brasileiro Alan Carneiro, que chefia a Seção da Língua Portuguesa da Universidade, com colaboração da professora Anita Pereira de Melo, leitora brasileira financiada pelo Instituto Camões, de Portugal, e que atua na mesma instituição de ensino. Entre o público estiveram presentes os Cônsules Gerais de Portugal e Moçambique, bem como funcionários do Consulado Brasileiro. A principal atividade do dia foi a projeção do filme "Marrabenta: sons de Moçambique" , da produtora brasileira Cinegroup, com direção do cineasta luso-moçambicano, Victor Lopes. No final da cerimônia, o público pôde experimentar variedades gastronômicas de Brasil, Portugal, Angola e Moçambique, em estandes de

Organizada pelas Embaixadas de Angola, Brasil, Guiné Bissau, Moçambique, Portugal e Timor Leste, com o apoio do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, foi realizada no dia 5 de maio de 2017, em Pequim, recepção em homenagem ao dia da língua portuguesa.

Participaram da comemoração mais de 300 pessoas, entre autoridades locais, representantes do corpo diplomático e do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, funcionários de empresas que atuam nos "Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa" (PALOP), e estudantes de português em Pequim. O evento contou também com a presença do Ministro das Finanças de Portugal, Mário Centeno.

 

                                   

 

As Embaixadas de sete países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) em Havana, Cuba, realizaram projeto intitulado "Tertúlia Literária e Gastronômica", no dia 5 de maio de 2017.

O diretor da União Nacional de Escritores e Artistas de Cuba (UNEAC), Alex Paulsides, proferiu as palavras de abertura da cerimônia, na Sala Villena da sede da UNEAC, salientando as proximidades filológicas e culturais da língua portuguesa com a cultura cubana.

Durante o evento, alunos da Faculdade de Línguas Estrangeiras da Universidade de Havana, tradutores e professores de português declamaram poemas selecionados pelas Embaixadas. Antes de cada uma das leituras os representantes das missões apresentaram brevemente os autores selecionados e os movimentos literários a que pertencem.

Por fim, foi oferecida degustação de especialidades dos países participantes. O Brasil serviu coxinha de frango e caipirinha do restaurante "Brasileiríssimo", único de culinária brasileira em Cuba.

 

O Centro Cultural Brasil-África do Sul (CCBAS) organizou, no dia 2 de junho de 2017, apresentação e oficina de samba na escola pública primária "Bud Mbelle", onde o CCBAS leciona aulas de português para turma de 40 alunos desde janeiro de 2017. Essa oficina faz parte do projeto "Cultura Brasileira nas Escolas", que encoraja o interesse dos estudantes pela cultura brasileira. A apresentação e a oficina foram promovidas em parceria com o grupo de dança "Sambrazil". O encontro teve presença de 820 crianças. Na ocasião a diretora do CCBAS discorreu sobre o nascimento do samba e seu papel na cultura brasileira. O grupo de dança apresentou-se e, em seguida, ensinou para as crianças alguns passos de samba.  
Entre os dias 9 e 11, a Universidade de Cabo Verde festejou o Dia da Língua Portuguesa com diversos eventos. No dia 9 de maio, foi organizada mesa-redonda sobre as políticas nacionais para promoção da língua portuguesa, no auditório da universidade. O evento contou com a participação do Professor Carlos Faraco, presidente da Comissão Nacional brasileira para o IILP (Instituto Internacional da Língua Portuguesa); do Secretário Jorge Luiz Tavares, chefe da DPLP; do Senhor Gustavo Servilha, da Diretoria de Promoção Internacional do Ministério da Cultura; e da Professora Amália Lopes, diretora da Cátedra Eugênio Tavares. Cada um dos participantes falou sobre as ações de suas respectivas instituições para a promoção da língua e cultura brasileira. A professora cabo-verdiana abordou os desafios para a língua portuguesa em Cabo Verde. No dia 10, foi realizado, no mesmo auditório, a conferência "Os Dilemas