Portal do Governo Brasileiro

Pular navegação e ir direto para o conteúdo

No dia 10 de fevereiro de 2017, o Centro Cultural Brasil-Líbano (CCBL) deu início às aulas de português no Vale do Bekaa. Foram abertas três turmas, duas infantis e uma adulta, com o total de 26 alunos. O projeto é resultado de articulação do CCBL com as brasileiras Sawsan Shaheen e Samia Barakat, residentes em Lucy, as quais buscaram apoio da prefeitura, divulgaram as aulas junto à comunidade local e organizaram a biblioteca, com base em livros cedidos pelo Centro Cultural. Apesar de cerca de 70% da população de Lucy ser brasileira, a maioria tem apenas limitado domínio da expressão oral em língua portuguesa. O curso ministrado pelo CCBL possibilitará resgatar o português como língua de herança em muitas famílias e, assim, reavivar os vínculos com o Brasil. Quinze pessoas já realizaram pré-inscrição para o curso do próximo trimestre, a

No dia 26 de fevereiro de 2017, em Genebra, foi realizado o "Baile de Carnaval Infantil", organizado pela Associação Raízes, que teve como atrações oficinas de desenho, confecção de máscaras, decoração de carnaval e, também, marchinhas típicas.

Cerca de 200 pessoas comparecerem ao evento, em sua maioria famílias com crianças entre 0 e 12 anos, quase todas fantasiadas.

Na ocasião, membros do Conselho de Cidadania na Suíça Romanda angariaram, mediante venda de feijoada, doces e bebidas típicas brasileiras, fundos para viagem de conselheiros à reunião do Conselho de Representantes Brasileiros no exterior, a ser realizada em Atenas.

 

Também conhecido como Português Malaká, o Papiá Cristang é uma língua crioula de base portuguesa, resultante do contato entre os portugueses que viveram na cidade malásia de Malaca a partir do século XVI e as línguas locais, em particular, o malaio. O idioma, que atualmente encontra-se ameaçado de extinção, é falado principalmente pela comunidade de descendentes de portugueses na região conhecida como "Portuguese Settlement", em Malaca, mas, também, pela diáspora dessa mesma comunidade.

Como parte do programa "UMCARES", a Universidade de Malaia realizou, no dia 18 de fevereiro de 2017, a publicação de um livro didático do idioma Papiá Cristang, com o objetivo de incentivar trabalhos e pesquisas que geram algum retorno à sociedade.

A elaboração da obra contou com a participação da professora brasileira Angela Satomi Kajita, que morou por vários anos na Malásia, e que foi importante colaboradora da Embaixada do Brasil no país em temas relacionados à comunidade brasileira e ao ensino da língua portuguesa.

A cerimônia de lançamento foi conduzida pela Sra. Rebecca Fatima Sta Maria, ex-secretária Geral do Ministério da Indústria e do Comércio Internacional da Malásia e falante nativa do Papiá Cristang.

 

 

                                                                                                            

No dia 17 de fevereiro de 2017, o Centro Cultural Brasil-Finlândia (CCBF) realizou a "Oficina de Danças Brasileiras para Crianças", visando promover a língua portuguesa e a cultura brasileira no país escandinavo. No evento a dupla "Frutos do Som", composta por Aurora Martins e Leandro Pelajo, formados em educação artística e radicados na cidade de Turku, antiga capital da Finlândia, ensinou aos participantes cantigas de roda, ciranda e diversos ritmos brasileiros como o Côco, Cacuriá, Jongo, Caroço e Maracatu. Fotos do evento podem ser vistas na página oficial do CCBF AQUI.  
O Centro Cultural Brasil-São Tomé e Príncipe realizou, no dia 1° de fevereiro de 2017, cerimônia de apresentação do terceiro livro do poeta santomense Humbah Aguiar, intitulado "Flores no teu coração".  Além de familiares e amigos do autor, numerosas personalidades de relevo da sociedade santomense prestigiaram a cerimônia, com destaque para a presença do ministro da Presidência do Conselho de Ministros e Assuntos Parlamentares, Afonso da Graça Varela, do Presidente da Comissão Eleitoral Nacional, Alberto Pereira, do Bastonário da Ordem dos Advogados de São Tomé e Príncipe, André Aragão, e da consagrada poetisa santomense Conceição Deus Lima. A obra foi apresentada por Rafael Branco, atualmente coordenador do curso de relações internacionais da Universidade Lusíada de São Tomé e Príncipe. O evento contou também com a participação de Wildiley Barrocas, jovem jornalista e declamador, que homenageou o autor da obra recitando

No dia 25 de janeiro de 2017, em Londres, alunos de português do King's College London participaram de noite de leitura de poemas de autoras de diferentes países de língua portuguesa, entre elas Cora Coralina, Cecília Meireles e Ana Luísa Amaral. 

O evento foi organizado pela leitora brasileira na universidade inglesa, a professora Daniela Doneda Mittelstadt, em parceria com o diretor do Centro Camões e com o apoio da Embaixada do Brasil em Londres. O recital de poesia foi acompanhado por performances musicais que incluíram choro, marchinha e fado.