Portal do Governo Brasileiro

Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Realizou-se na galeria Casa do Brasil, em Bruxelas, em dezembro de 2016, entrega de premiação dos vencedores do concurso "Ao vencedor, as batatas". O curioso concurso demandou dos participantes criarem embalagens de batata frita, em formato de cone, em que estivesse representados elementos das culturas brasileira e belga. Vale lembrar que a batata frita, popular em todo o mundo, inclusive no Brasil, é uma tradicional receita belga.

Cerca de 30 pessoas aceitaram o desafio e participaram da competição que retomou a famosa frase do romance "Quincas Borba" de Machado de Assis.

O evento foi organizado pelo Conselho de Cidadania da Bélgica e Luxemburgo, com apoio do Consulado-Geral do Brasil em Bruxelas.

 

Confira as fotos do evento, AQUI.

Confira as obras do concurso, AQUI.

Em dezembro de 2016, o CCB Tel Aviv realizou uma oficina para crianças com a participação da cantora Flávia Nascimento, que esteve em Israel para participar do Festival de Jazz de Tel Aviv. No evento, as crianças dedicaram-se à produção de brinquedos acompanhada de músicas do cancioneiro popular brasileiro. As novas gerações de brasileirinhos cantaram e dançaram cantigas que já embalaram as brincadeiras de seus pais, avós e bisavós.

O evento teve lugar no âmbito das atividades de promoção do Português como Língua de Herança (POLH) no CCB Tel Aviv, com o objetivo de auxiliar pais e avós residentes na cidade a transmitir a cultura brasileira a seus descendentes nascidos em Israel.

 

No intuito de divulgar as atividades do Centro Cultural Brasil-Líbano (CCBL), de alcançar novo público para os cursos de português e de seguir promovendo a cultura brasileira, foi organizado, em 8 de dezembro de 2016, evento denominado "Intimate Brazil: um encontro informal em torno da cultura". As instalações do CCBL foram decoradas e adequadamente preparadas, para favorecer a realização, em diferentes andares, salas e áreas externas , de atividades simultâneas. No último andar, por exemplo, o chef brasileiro, Lázaro dos Santos, da Marinha do Brasil, ensinou a preparar prato da cozinha baiana. No andar intermediário, foram oferecidas aulas experimentais de português, conduzidas pela equipe de professores do CCBL, auxiliados por alunos de níveis avançados, seguidas por degustação de café brasileiro. No andar térreo, foram realizadas oficinas de ritmos brasileiros e de capoeira. Na parte externa, instalou-se quiosque de alimentação e

No dia 2 de dezembro de 2016, dia Nacional do Samba, realizou-se mais uma edição da Noite do Boteco, comemorativa ao centenário do samba, no Centro Cultural Brasil-São Tomé e Príncipe. A atividade iniciou com a exibição do documentário "Noitada do Samba – Foco de Resistência", dirigido por Cely Leal. Na sequência, foi servido ao público um "buffet" temático de um ambiente de boteco brasileiro, com comidas e bebidas típicas, ao som de famosas faixas musicais acompanhadas da projeção de imagens de personalidades ilustres do samba. O evento teve como objetivo principal realçar a importância desse ritmo musical para a cultura brasileira, bem como desmistificar o modelo de samba conhecido em São Tomé e Príncipe.                                                   

No dia 3 de dezembro de 2016, realizou-se, com coordenação da diretora do CCBRACH, Anna Magdalena Machado Bracher, e apoio da contadora de contos voluntária Margarita Reyes Olguín, a última apresentação do ano do projeto "Conta Contos" do Centro Cultural Brasil-Chile. Durante a atividade, que ocorreu no Café Literário Bustamante, município de Providencia, foram reprisados vários contos apresentados ao longo do ano como: "Uma arara e sete papagaios", "A lenda do Uirapuru", "Festa no Céu", além de "A família de monstros" e "Era uma vez uma vila cinzenta".                                                                          

Organizada pelo Centro Cultural Brasil-Argentina (CCBA), a I Jornada de Formação Docente em Português como Língua Estrangeira (PLE) aconteceu em 26 de outubro de 2016, com uma vasta programação dedicada aos desafios do ensino de PLE. Participaram quase cento e cinquenta professores e alunos de português de instituições argentinas e brasileiras.

Após dez mesas temáticas, foi realizada conferência de encerramento com a educadora Lia Varela sobre a implementação de lei argentina que torna obrigatório o ensino do português naquele país.