Portal do Governo Brasileiro

Pular navegação e ir direto para o conteúdo

A Casa de Cultura Brasil-Angola participou do Festival de Poesia de Luanda (FESPOL), que aconteceu no período de 19 a 21 de março. O evento, em comemoração ao Dia Internacional da Poesia, foi uma iniciativa do Movimento Lev’Arte  da Angola e teve como tema “ Poesia: a arte que comanda a vida”.

Com uma homenagem ao poeta brasileiro, Manoel de Barros, a Casa de Cultura Brasil-Angola, promoveu a exibição do documentário “Só Dez por Cento é Mentira”. O filme é um registro biográfico do escritor falecido em novembro de 2014, aos 97 anos. Dirigido e narrado pelo cineasta brasileiro Pedro César, o longa-metragem premiado, usa linguagem visual inventiva e emprega dramaturgia ao universo poético de Barros.

A exibição contou com aproximadamente 150 participantes e foi seguida por declamação dos poemas de Manoel de Barros: “O fazedor de amanhecer”, “Retrato do artista quando coisa”, “O rio que fazia uma volta” e “Tratado geral das grandezas do ínfimo”.

Além disso, a Casa de Cultura realizou uma edição especial do “Sopa de Letrinhas”, projeto de incentivo à leitura infantil, com um recital de poesias para o público infanto-juvenil. Cerca de 80 adolescentes, estudantes de escolas públicas, participaram da atividade. Foram apresentados poemas dos escritores brasileiros Cecília Meireles, José Paulo Paes, Roseana Murray, Evelyn Zayden, Beth Campos, Amyr Correia e do poeta angolano Agostinho Neto.

 

Mediateca no Festival de Poesia de Luanda (FESPOL)