Portal do Governo Brasileiro

Pular navegação e ir direto para o conteúdo

O Leitorado Brasileiro na Universidade Sorbonne-Nouvelle, Paris 3, concluiu, em dezembro último, o "Curso de formação em Português Língua Estrangeira (PLE)". Ministrado em dez encontros semanais de três horas, o curso foi realizado em parceria com a escola de idiomas Alter`Brasilis, única do gênero especializada na variante brasileira do português na região parisiense. Além de ceder gratuitamente suas instalações, a escola contribuiu para a divulgação do curso, que contou com 12 participantes, principalmente professores de PLE e mestrandos e doutorandos em Letras, com e sem formação na área do ensino.

A primeira atividade do curso envolveu a introdução de diversos aspectos teóricos relativos à análise do discurso e à linguística, sobretudo aplicados à aquisição de linguagem, ao ensino e à aprendizagem de língua estrangeira, com foco no "Ensino por Tarefas". No restante do curso, foram realizadas atividades práticas e analisados os materiais didáticos disponíveis no mercado. Trabalhou-se, ainda, na elaboração de planos de aula e de ementas de cursos (syllabus).

O curso de formação abordou, ainda, o Quadro Europeu Comum de Referências em Língua Estrangeira, o exame CELPE-Bras e o ensino de PLE para crianças.

A contrapartida dos estudantes consistiu na produção de uma reflexão teórica inicial acerca do ensino de PLE, exposição oral de um plano de aula e redação de artigo.

Após o encerramento do evento, decidiu-se que uma segunda edição será realizada na Embaixada do Brasil em Paris, no período de 9 de fevereiro a 12 de abril, em sala com capacidade para acolher número maior de participantes.

O intercâmbio mantido pela leitora Tatiana Matzenbacher com os participantes do curso, bem como com os representantes da Alter`Brasilis, revelou a necessidade de avançar nas discussões relativas aos temas trabalhados.  Como consequência, foi formado o "Núcleo de Estudos de Metodologias de PLE", que se reunirá regularmente nas instalações da Alter'Brasilis.

A meta será tratar dos seguintes temas durante os encontros: análise e compartilhamento de material didático disponível no mercado; elaboração conjunta de material e de planos de aula, em consonância com as teorias recentes de aquisição de língua estrangeira; desenvolvimento de competências e habilidades nos diferentes níveis de aquisição de linguagem; processos e critérios de avaliação; análise de exames anteriores do CELPE-Bras; possíveis áreas de atuação em favor da empregabilidade e das condições de trabalho dos professores de PLE; e leitura orientada de material teórico.

Tais iniciativas, se levadas adiante, prestarão importante contribuição à formação de um quadro de professores que atenda à crescente demanda, na França, de ensino do português brasileiro. Tal procura resulta não apenas do interesse dos franceses em envolver-se mais com os mais diversos aspectos do Brasil como também da crescente expectativa de empresários locais em conhecer termos técnicos da variante brasileira da língua nas áreas de negócios e investimentos.