Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

CCB-México faz seminário sobre ensino de línguas

O Centro Cultural Brasil-México (CCBM) realizou, entre 18 e 22 de janeiro, o curso "Reflexiones sobre la evaluación del aprendizaje de una lengua extranjera". A iniciativa, promovida pela Coordenadora Pedagógica do CCBM, Professora Paola Suárez, e voltada para professores, teve como objetivo estimular a aproximação entre o Centro e outras instituições de ensino de idiomas na Cidade do México. Ao longo de vinte horas, os participantes tiveram oportunidade de discutir temas como o conceito de avaliação no ensino de línguas estrangeiras, a tipologia e o desenho de ferramentas de avaliação e as implicações éticas da avaliação da aprendizagem.

Além dos professores do CCBM, houve a participação de 21 docentes e formandos em línguas de diversas instituições públicas e privadas da Cidade do México. Da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), estiveram presentes representantes da "Facultad de Estudios Superiores Aragón", do "Centro de Enseñanza de Lenguas Extranjeras", da "Facultad de Estudios Superiores Acatlán", da "Escuela Nacional Preparatoria # 5" e dos cursos de "Licenciatura en Lengua y Literaturas Modernas Portuguesas" e "Licenciatura en Pedagogía de la Facultad de Filosofía y Letras".

Também houve representantes da "Universidad Autónoma Metropolitana" (UAM - campus Azcapotzalco), do "Instituto Politécnico Nacional" (IPN - campus Zacatenco), da "Benemérita Escuela Nacional de Maestros" (BENM) e da "Escuela Militar de Idiomas del Ejército Mexicano". Participaram, ainda, representantes das seguintes instituições privadas: "Centro de Lenguas del Tecnológico de Monterrey", "Universidad Tecnológica Americana", "Instituto Mexicano", "Kinetica Lang" e "Instituto In Class".

O curso foi oferecido gratuitamente e foi bem recebido pelos participantes, de acordo com avaliação feita em seu encerramento. Além de conferir mais visibilidade às atividades do Centro e de intensificar o diálogo com outras instituições de ensino de idiomas, a iniciativa aproveitou o espaço disponível e a carga horária contratada dos professores, tendo em conta o caráter intersessional do mês de janeiro, dentro da grade curricular do CCBM.

 

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página