Portal do Governo Brasileiro

Pular navegação e ir direto para o conteúdo

O Centro Cultural Brasil-Líbano (CCBL), em colaboração com o Centro Cultural Líbano-Alemão (Kulturzentrum), recebeu no dia 13 de maio a pianista Anke Johannsen para o recital "We can do this". A musicista alemã esteve no Líbano para variadas apresentações a convite da Associação Líbano-Alemã para a Promoção da Cultura, organização mantenedora do Kulturzentrum. O concerto gratuito mesclou músicas brasileiras instrumentais com canções do repertório próprio de Johannsen em inglês e alemão. Reuniu mais de 80 pessoas no CCBL.

A cantora, pianista e compositora alemã, de voz forte e ao mesmo tempo doce, mostrou-se extremamente à vontade no palco do Centro Cutural. Não demorou a que o público entrasse no ritmo jazz-pop, com leve toque soul, de suas composições. As canções, inspiradas em experiências pessoais, abrangem temas como esperança, mudanças, sonhos, amizade, amor, gratidão e empoderamento, como indica o título do recital, tirado de seu mais recente álbum e da canção que abre a apresentação.

O chefe do Setor Cultural, diplomata Adam Jayme, aproveitou o ensejo do concerto para anunciar o início da oferta de aulas de piano no CCBL a partir de junho, em parceria com a escola de música local Mozart Chahine. O Centro Cultural deverá ceder sala de aula e piano, enquanto a escola oferecerá os professores, sem vínculo empregatício com o Posto, e afinação periódica do instrumento. As matrículas e o recebimento de pagamento pelas aulas de música serão realizados diretamente pela Mozart Chahine, tendo os alunos do CCBL direito a 10% de desconto.

Diante do sucesso da apresentação de Anke Johannsen, o CCBL deverá acolher, no dia 9 de junho, também em parceria com o Kulturzentrum, concerto do Ceznutje Duo, integrado pela soprano Anna Tarca e pelo guitarrista Alessandro Perini Radovan. O repertório prestigiará a música erudita europeia do século XIX para voz e violão, com atenção filológica à execução original, inclusive com a utilização de instrumentos de época.

Clique aqui para ver vídeo com trecho da apresentação no Facebook.