Portal do Governo Brasileiro

Pular navegação e ir direto para o conteúdo

O público de Beirute lotou o Centro Cultural Brasil-Líbano no dia 23 de fevereiro de 2017 para o recital da pianista Leticia Gómez-Tagle. A artista mexicana, radicada em Viena, executou peças europeias e mexicanas para piano e finalizou com "Odeon", de Ernesto Nazareth. Gómez-Tagle é uma entusiasta do compositor brasileiro e gravou obras suas para os selo Ars Produktion e Urtext .    A apresentação resultou da colaboração entre o Centro Cultural Brasil-Líbano e o Kulturzentrum Beirute, a Embaixada da Alemanha e a Embaixada do México. Fotos do evento encontram-se na pagina oficial Facebook do CCBL AQUI.             
No dia 10 de fevereiro de 2017, o Centro Cultural Brasil-Líbano (CCBL) deu início às aulas de português no Vale do Bekaa. Foram abertas três turmas, duas infantis e uma adulta, com o total de 26 alunos. O projeto é resultado de articulação do CCBL com as brasileiras Sawsan Shaheen e Samia Barakat, residentes em Lucy, as quais buscaram apoio da prefeitura, divulgaram as aulas junto à comunidade local e organizaram a biblioteca, com base em livros cedidos pelo Centro Cultural. Apesar de cerca de 70% da população de Lucy ser brasileira, a maioria tem apenas limitado domínio da expressão oral em língua portuguesa. O curso ministrado pelo CCBL possibilitará resgatar o português como língua de herança em muitas famílias e, assim, reavivar os vínculos com o Brasil. Quinze pessoas já realizaram pré-inscrição para o curso do próximo trimestre, a

No intuito de divulgar as atividades do Centro Cultural Brasil-Líbano (CCBL), de alcançar novo público para os cursos de português e de seguir promovendo a cultura brasileira, foi organizado, em 8 de dezembro de 2016, evento denominado "Intimate Brazil: um encontro informal em torno da cultura". As instalações do CCBL foram decoradas e adequadamente preparadas, para favorecer a realização, em diferentes andares, salas e áreas externas , de atividades simultâneas. No último andar, por exemplo, o chef brasileiro, Lázaro dos Santos, da Marinha do Brasil, ensinou a preparar prato da cozinha baiana. No andar intermediário, foram oferecidas aulas experimentais de português, conduzidas pela equipe de professores do CCBL, auxiliados por alunos de níveis avançados, seguidas por degustação de café brasileiro. No andar térreo, foram realizadas oficinas de ritmos brasileiros e de capoeira. Na parte externa, instalou-se quiosque de alimentação e

O Centro Cultural Brasil-Líbano realizou as seguintes atividades extracurriculares no mês de junho, que contaram com a participação de quase 700 pessoas ao todo: 24 de maio: palestra sobre refugiados. 27 de maio: alunos dos cursos infantis trabalharam o tema "Diversidade e Valores". 31 de maio: karaokê com os alunos. 3 de junho: aula coletiva de forró. 7 de junho: alunos participaram de atividade denominada "Entrevista". 8 de junho: realização de videoconferência denominada "Skype Secreto". 9 de junho: concerto de música clássica. 14 de junho: inauguração da exposição "Marinha do Brasil: conquistas no passado, glórias no futuro". 22 de junho: encontro entre a comunidade local e representantes do Setor Consular. 25 de junho: festa junina. 29 de junho: sessão especial de Cinema e confraternização. 30 de junho: vamos Falar Português (9ª Edição). Além das atividades mencionadas, o Centro Cultural Brasil-Líbano

Durante o mês de maio de 2016, o Centro Cultural Brasil-Líbano (CCBL) realizou, com os alunos, diversas atividades extracurriculares temáticas nas áreas de música, cinema, debates, redação e arte. O primeiro evento do mês foi marcado pela comemoração do Dia da Internacional da Língua Portuguesa com a 8ª edição do projeto "Vamos falar português" sobre o tema "Língua portuguesa: diversidade e unidade". Alunos de diferentes níveis participaram, além da comunidade brasileira e portuguesa. Outras atividades que aconteceram foram o "United World Event", evento de caridade multicultural, com participação de capoeiristas da Associação Filhos de Bimba que dão aula no CCBL, e o recital "We can do this", com participação da pianista Anke Johannsen, que apresentou repertório próprio e músicas de Dorival Caymmi. O CCBL também acolheu a mesa redonda "Beleza: arte, elegância e educação" que debateu a importância do consumo

O Centro Cultural Brasil-Líbano (CCBL), em colaboração com o Centro Cultural Líbano-Alemão (Kulturzentrum), recebeu no dia 13 de maio a pianista Anke Johannsen para o recital "We can do this". A musicista alemã esteve no Líbano para variadas apresentações a convite da Associação Líbano-Alemã para a Promoção da Cultura, organização mantenedora do Kulturzentrum. O concerto gratuito mesclou músicas brasileiras instrumentais com canções do repertório próprio de Johannsen em inglês e alemão. Reuniu mais de 80 pessoas no CCBL. A cantora, pianista e compositora alemã, de voz forte e ao mesmo tempo doce, mostrou-se extremamente à vontade no palco do Centro Cutural. Não demorou a que o público entrasse no ritmo jazz-pop, com leve toque soul, de suas composições. As canções, inspiradas em experiências pessoais, abrangem temas como esperança, mudanças, sonhos, amizade, amor, gratidão e empoderamento, como indica o título do