Portal do Governo Brasileiro

Pular navegação e ir direto para o conteúdo

O CCBL, em comemoração ao Dia das Crianças, que no Líbano é celebrado no dia 24 de março, apresentou a peça "Pluft, o fantasminha", de Maria Clara Machado, que deu a oportunidade a crianças brasileiras no exterior de praticar o uso da língua portuguesa e conhecer uma importante autora brasileira. A professora Natalie Nasif cuidou da preparação de seis alunos dos cursos infantis do Centro Cultural Brasil-Líbano, que interpretaram com desenvoltura as falas em português, seguidas de versão na respectiva língua escolar, francês ou inglês.                   
O CCB Líbano realizou em 17 de março de 2017 o evento "O barroco em Portugal e Brasil". Mia Vieira-Azar, presidente da Associação dos Amigos de Portugal, proferiu palestra sobre a arquitetura barroca em seu país. A participação brasileira ficou a cargo dos alunos do curso avançado de língua portuguesa, que fizeram apresentação da biografia e obra de Aleijadinho e Mestre Ataíde e declamação do poema "O Aleijadinho e os Profetas", de Drummond de Andrade. Trinta e seis pessoas, entre alunos, membros do grupo "Amigos de Portugal" e demais interessados, participaram do evento.  
Mais de mil pessoas estiveram presentes no carnaval do Centro Cultural Brasil-Líbano, realizado no dia 10 de março de 2017, em Beirute, capital do Líbano. Toda área interna e externa do CCBL foi tomada pelos visitantes, entre os quais havia cristãos e muçulmanos; libaneses, brasileiros e outros estrangeiros. A programação teve inicio com a banda Xangô Livre, que interpretou músicas tradicionais de carnaval. Em seguida, doze tambores do Bloco Rubra Rosa, coletivo liderado pela artista baiana radicada em Beirute Roberta Meireles, entusiasmaram o público com o ritmo da percussão. Tambores e cantores se encontraram no palco e promoveram momentos de descontração no CCBL. A marca "Carnaval do Brasil", combinada à reputação do Centro Cultural, atraiu público numeroso e diverso para o evento, que foi divulgado em mídias sociais e  jornais locais. A publicidade e a programação da noite enfatizaram a

O público de Beirute lotou o Centro Cultural Brasil-Líbano no dia 23 de fevereiro de 2017 para o recital da pianista Leticia Gómez-Tagle. A artista mexicana, radicada em Viena, executou peças europeias e mexicanas para piano e finalizou com "Odeon", de Ernesto Nazareth. Gómez-Tagle é uma entusiasta do compositor brasileiro e gravou obras suas para os selo Ars Produktion e Urtext .    A apresentação resultou da colaboração entre o Centro Cultural Brasil-Líbano e o Kulturzentrum Beirute, a Embaixada da Alemanha e a Embaixada do México. Fotos do evento encontram-se na pagina oficial Facebook do CCBL AQUI.             
No dia 10 de fevereiro de 2017, o Centro Cultural Brasil-Líbano (CCBL) deu início às aulas de português no Vale do Bekaa. Foram abertas três turmas, duas infantis e uma adulta, com o total de 26 alunos. O projeto é resultado de articulação do CCBL com as brasileiras Sawsan Shaheen e Samia Barakat, residentes em Lucy, as quais buscaram apoio da prefeitura, divulgaram as aulas junto à comunidade local e organizaram a biblioteca, com base em livros cedidos pelo Centro Cultural. Apesar de cerca de 70% da população de Lucy ser brasileira, a maioria tem apenas limitado domínio da expressão oral em língua portuguesa. O curso ministrado pelo CCBL possibilitará resgatar o português como língua de herança em muitas famílias e, assim, reavivar os vínculos com o Brasil. Quinze pessoas já realizaram pré-inscrição para o curso do próximo trimestre, a

No intuito de divulgar as atividades do Centro Cultural Brasil-Líbano (CCBL), de alcançar novo público para os cursos de português e de seguir promovendo a cultura brasileira, foi organizado, em 8 de dezembro de 2016, evento denominado "Intimate Brazil: um encontro informal em torno da cultura". As instalações do CCBL foram decoradas e adequadamente preparadas, para favorecer a realização, em diferentes andares, salas e áreas externas , de atividades simultâneas. No último andar, por exemplo, o chef brasileiro, Lázaro dos Santos, da Marinha do Brasil, ensinou a preparar prato da cozinha baiana. No andar intermediário, foram oferecidas aulas experimentais de português, conduzidas pela equipe de professores do CCBL, auxiliados por alunos de níveis avançados, seguidas por degustação de café brasileiro. No andar térreo, foram realizadas oficinas de ritmos brasileiros e de capoeira. Na parte externa, instalou-se quiosque de alimentação e